#01 A Doutrina da Salvação

Publicado por

1.1. O que é Salvação?

O termo bíblico original no grego é “sotéroos”. Portanto a doutrina da salvação chama-se “soteriologia” = estudo da salvação.

Ser salvo é uma situação espiritual, que nas escrituras lemos por diversos tratamentos, como: “nascido de novo”, “resgatado”, “nascido de Deus”, “eleito”, “adotado”, “filho de Deus em Cristo”, “homem espiritual”, “liberto”, “ovelha”, “rebanho de Deus”, “justificado”, “santificado”, dentre outros.

Apenas compreende esta doutrina aquele que passa pela experiência da salvação e começa a viver as revelações que regem a fé cristã. Pois as coisas de Deus só se compreendem espiritualmente (1 Co. 2.14).

1.2. Por quê precisamos ser salvos?

Photo of Woman Raising Both Hands

Há salvação porque existe uma perdição. (Rm. 3.23)

Deus criou o homem e a mulher perfeitos, em imagem e semelhança, homem e mulher os criou (Gn. 1:27).

A desobediência (provocada pelo autor do mal – inimigo das nossas almas), influenciou o homem e a mulher a buscarem igualdade em essência. (Gn. 3:1-5). Deus não divide sua glória (Isaías 42:8).

A queda do homem gerou um distanciamento profundo do homem com Deus, visto que Deus é Santo (um de seus atributos). Destituídos da glória de Deus. (Rm. 3.23)

1.3. O plano da Salvação

Person Hand Reaching Body of Water

Se há uma perdição, em razão da entrada do mal na criação de Deus, como soberano e perfeito, precisava providenciar divinamente um plano para resolver este estado de perdição no qual se encontram todos os seres humanos.

O louvor da salvação feita pelo Apóstolo Paulo nos revela a verdade do Plano da Salvação (Rom. 8:29-31).

A metáfora da Noiva e do Esposo é utilizada por Jesus em suas parábolas sobre resgate (Mat. 25).

Assim, o Apóstolo Paulo também utiliza esta metáfora para compreendermos o plano elaborado por Deus, em Jesus Cristo, para a salvação da humanidade (Rm. 7).

1.3.1. O dom da Salvação: A graça

A Graça (favor, dom, sem merecimento). O plano foi elaborado, e executado sem qualquer mérito humano, foi completamente obra de Deus. (Tito 2.11)

  • Graça natural – sustentação da vida e da humanidade. (Lm. 3:22, Mt. 5:45) Preservação do mal (Sl. 81:12; Rm 1:24,26,28).
  • Graça como presente especial (Lc. 1:28-30).
  • Graça como unção (At. 11:23).
  • Graça, ainda, como o próprio Evangelho (At. 13:43).
  • Graça criativa, o domínio sobre toda a criação (Gn. 1:28)

A Graça Salvadora (Ef. 2:8,9)

  • A Graça Preveniente (Jo. 3:16, Ap. 13:8, 1 Pedro 1:20) – Arminianismo.
  • A Graça Irresistível (Atos 7:51) – Calvinismo.

A Graça salvadora é sobrenatural. Ela é o meio pelo qual o Espírito Santo trabalha no interior do homem e faz com que a Palavra de Deus, pregada (Rm. 10:17), produza fé no coração, e ele seja atraído por Deus. (Jo. 16:8) (ouvir + agir do Espírito)

Unicidade da Multiforme Graça: 1 Pe. 4:10

Toda a graça dispensada por Deus na humanidade, desde a criação, servem para revelar o Criador, dando responsabilidade ao homem, ao ponto de torná-lo indesculpável.

A força da graça é maior que a força do pecado (Rm 5.20)

O reino do pecado é substituído pelo Reino da Graça (Rm 5.21)

A Graça tem efeito positivo e negativo: Positivo: nos ensina a vivermos sóbrios, equilibrados, bem conosco e com os outros, e piamente; Negativo: implica renúncia ao pecado, à impiedade e às concupiscências mundanas. (Tt. 2:12)

A Graça nos dá a esperança da glória (Tt. 2:13). O meio da Graça é a Cruz de Cristo: “E disse-me: A minha graça de basta (…)” (2 Co. 12.9).

A graça custou o sacrifício de Jesus na cruz. Nos reconciliou (Rm 5.10), nos redimiu (Tt. 2:14), nos substituiu (1 Pedro 2:24) nos justificou e perdoou (Rm 4.25).

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja em todos vós! (1 Ts. 5:28)

O sacrifício na Cruz do Calvário trouxe Libertação da Morte (Hb. 2:9, Rm. 8.10), o Dom da Vida Eterna (Jo. 3.15,16; Rm 6:23) e a Vida Vitoriosa (Ap. 12.11).

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s